Transportes

www.tendencia.cc

Alentejanos  

 

 

Ia uma senhora sentada num autocarro com um saco em cima do banco ao lado

dela.

Quando um homem distraído se ia a sentar, ela de uma só vez dá um grito e tira 

o saco de cima do banco onde o homem se ia sentar :

- Cuidado com os tomates ! - Disse ela.

- Então vai fazer salada para o jantar? - Pergunta ele para meter conversa.

- Credo ! Não, eu não gosto de salada !

- Então isso que leva aí no saco não são tomates ?

- Não ! São pioneses !


 

Bem... um garoto maroto... entra no autocarro em baixa Lisboa para ir dar um 

passeio, e senta-se atrás do condutor.

Começa a cantar, maluquices....

- Se o meu pai fosse um porco, a minha mãe uma porca, eu era um porquito

- Se o meu pai fosse um cão, a minha mãe uma cadela, eu era um cachorito

Bem, o Condutor, começou a ficar irritado com a música dele, e virou-se para o

 miúdo e disse:

- Se o teu pai fosse um estúpido, a tua mãe uma estúpida, que eras tu?

O miúdo, disse de repente com grande orgulho:

- Seria condutor!...


 

Num comboio, ia um homem que de vez em quando desatava à gargalhada e 

depois abanava os ombros.

Pergunta-lhe um dos passageiros :

- Afinal, porque é que você de vez em quando se põe a rir ?

- É que me vou lembrando de anedotas cada vez melhores!

- Aaaah, mas porque é que depois de cada gargalhada o senhor encolhe os 

ombros ?

- É que chego à conclusão que já as conhecia ...


 

No comboio de Queluz:

- Minha senhora, por acaso o fumo do tabaco incomoda-a?

- Sim, confesso-lhe que me incomoda bastante.

- Então faça o favor de se apear, porque vou acender um cigarro.


 

Uma mulher com muita pressa, na bilheteira duma estação de caminho-de-ferro:

- Um bilhete de ida e volta, se faz favor.

- Para onde? - pergunta o empregado.

- Para aqui outra vez, para onde havia de ser?


 

No metro, a uma hora de ponta, um indivíduo para não se desequilibrar, pousa 

a mão, ligeiramente, no ombro de uma rapariga, que lhe diz:

- Oiça lá! Não poderia pôr a mão noutro sítio?

- Eu gostaria... Mas não me atrevo.


 

Num autocarro uma senhora começou a gritar:

- Ladrão! Ladrão! Roubou-me o porta moedas!

Acodem as pessoas e uma pergunta-lhe:

- Mas onde é que tinha o porta-moedas?

-Aqui - diz a senhora, metendo a mão entre a blusa e o seio.

- Então e a senhora não sentiu o ladrão meter a mão ?

-Sentir..senti... mas pensei que era com boa intenção.


 

REVISOR - Mas este bilhete é para Sintra, e o comboio vai para Paris!

PASSAGEIRO - Ahh... E o maquinista ainda não percebeu que vai enganado?


 

 
Amigos    
Aulas    
Animais    
Anões    
Azares    
Bêbados    
Brasileiros    
Carros    
Cegos    
Ciganos    
Cuba    
Elefantes    
Épocas    
Era_uma_vez    
Expressões    
Especialistas    
Estrangeiros    
Família    
Fantasias    
Festas    
Futebol    
Farmácia    
Filmes    
Gagos    
Gays    
Geral    
Jovens    
Loiras    
Lojas    
Mortes    
Médico    
Nazis    
Namorados    
Naufrágios    
O_que_é?    
Os_Se´s    
Porcas    
Precoces    
Pais e filhos    
Países    
Patrões    
Peidos    
Policias    
Pretos    
Restaurantes    
Religião    
Ricos    
Roubos    
Sádicos    
Samora    
Sexo    
Casamento    
Sogras    
Sortudos    
Transportes    
Teste    
URSS    
Vida Conjugal    
Rainha da Noite    
Romeu    
Adivinha    
Verdades    
Linguagem    
Pinóquio    
Bolo_Amor    
Químico    
Alentejana    
Contradições    
Matemáticas    
Dicionário    
Ignorantes    
Engano    
Confusão  
 
Remador    
Palavra  
Pensamentos